Traduzir:

Categorias

Receba por email as últimas atualizações deste site.

A subscrição é anónima e gera apenas um e-mail por dia.
Insira o seu endereço de email:

Por favor, se você acha que esse conteúdo é útil, compartilhe a(s) nossa(s) receita(s) nas suas redes sociais. Isso ajuda este site a continuar a publicar conteúdo relevante para si e para todas as suas redes de contatos.

Obrigado!

Gastronomia da Beira Litoral

Sarrabulho (Condeixa)

Partilhe esta receita:
  • 500 gr de lombo de porco
  • 300 gr de sangue de porco cozido
  • 150 gr de fígado de porco
  • 125 gr de unto de porco (banha por derreter)
  • 400 gr de pão de trigo
  • 1 dente de alho
  • 1 folha de louro
  • 1 ramo de salsa
  • 2 litros de água
  • 1 colher de sopa de vinho tinto
  • sal (q.b.)
  • pimenta (q.b.)
  • colorau (q.b.)
  • cominhos (q.b.)

 

Coloque ao lume num tacho os 2 litros de água, juntamente com meia folha de louro, o dente de alho, a salsa, o sal e uma pitada de colorau.

Corte o pão em fatias e coloque-o dentro de um tacho e disponha por cima o sangue bem espremido e esfarelado.

Regue com a água a ferver, anteriormente aromatizada, e abafe o tacho.

Entretanto corte para outro tacho o unto em bocadinhos e leve a derreter em lume brando até obter torresmos.

Retire os torresmos de banha e fique só com a gordura derretida.

Introduza dentro do mesmo tacho a carne e o fígado, previamente cortados em bocadinhos.

Tempere com sal, pimenta, cominhos, meia folha de louro e uma colher de sopa de vinho tinto.

Deixe cozer até a carne e o fígado ficarem bem cozidos e aromáticos.

Junte o pão e, sobre o lume, mexa tudo até o pão ficar macio e a mistura homogénea, mas não seca.

Sirva numa terrina, acompanhado com azeitonas.

Deixe um comentário