Receba por email as últimas atualizações deste site.

A subscrição é anónima e gera apenas um e-mail por dia.
Insira o seu endereço de email:

Por favor, se você acha que esse conteúdo é útil, avalie e compartilhe a(s) receita(s) nas suas redes sociais. Isso ajuda este site a continuar a publicar conteúdo relevante para si e para todas as suas redes de contatos.

Obrigado!

Cozinha Espanhola

Fabada Asturiana

Partilhe esta receita:

Fabada asturiana ou também apenas fabada, é um prato tradicional da região das Astúrias, na Espanha. Ao contrário do que o nome pode sugerir, trata-se de um prato preparado com feijão branco seco (Phaseolus vulgaris) e não com favas.

Os feijões são colocados de molho na véspera da preparação. São cozinhados em lume brando durante duas a três horas, com uma cebola inteira, que é retirada pouco depois do início da cozedura. O tempero inclui pimentão, açafrão e azeite. No fim, juntam-se diversas carnes de porco fumadas e cruas que, no seu conjunto, são conhecidas como compango. O compango é normalmente constituído por toucinho, chouriço, morcela, orelha e rabo. O caldo deve ficar bem apurado, apresentando uma tonalidade alaranjada.

De acordo com a tradição popular, é um prato que sabe melhor no dia seguinte a ter sido preparado. É normalmente servido num prato ou numa caçarola de barro, com as carnes servidas à parte. Alguns dos apreciadores deste prato defendem que deve ser consumido com sidra, outros argumentam que é melhor com cerveja, havendo também quem prefira o vinho.

É um prato de tal forma popular que é possível encontrar versões enlatadas ou embaladas na maior parte dos supermercados espanhóis. É considerado um prato de Inverno, devendo ser consumido ao almoço, dado tratar-se de uma iguaria farta e pesada.

 

  • 600 g de feijão branco cozido
  • 1/2 chouriço de carne
  • 1/2 chouriço de sangue
  • 150 g de bacon, em cubinhos
  • 4 entremeadas magras
  • 1 fio de azeite
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 150 ml de polpa der tomate
  • 200 ml de vinho branco
  • 1 c. chá de pimentão doce, mal cheia
  • 1 pitada de pimenta
  • Molho de piripiri q.b.
  • Sal q.b. 
Pique a cebola e os dentes de alho e leve-os a refogar no azeite quente. Quando estes se apresentarem macios, adicione a entremeada sem courato e cortada em pedaços. Deixe alourar de ambos os lados, junte o chouriço de carne em rodelas, cozinhe por mais 1-2 minutos, regue com o vinho branco e junte a polpa de tomate e o pimentão doce. Mexa e tempere com sal, pimenta e molho de piripiri. Deixe cozinhar, em lume brando, e vá adicionando água aos poucos, até que a carne se torne macia.
Adicione o chouriço de sangue em rodelas, o bacon em pedacinhos e o feijão branco cozido e escorrido. Adicione mais água, se necessário, deixe cozinhar por mais 8-10 minutos, retifique os temperos e sirva.
 

Deixe um comentário