Receba por email as últimas atualizações deste site.

A subscrição é anónima e gera apenas um e-mail por dia.
Insira o seu endereço de email:

Por favor, se você acha que esse conteúdo é útil, avalie e compartilhe a(s) receita(s) nas suas redes sociais. Isso ajuda este site a continuar a publicar conteúdo relevante para si e para todas as suas redes de contatos.

Obrigado!

Gastronomia Açoreana

Cozido das Furnas (Ilha de S. Miguel)

Partilhe esta receita:

Este é um dos pratos tradicionais mais emblemáticos da ilha de S. Miguel, nos Açores, sendo cozido nas caldeiras naturais da Lagoa das Furnas.

Para o confecionar, os vários ingredientes são colocados numa panela, que é submersa na terra junto às caldeiras, sendo cozinhado pelo calor natural emanado da atividade vulcânica.

Aqui descrevemos a forma tradicional de confecionar a receita. No entanto, provavelmente não residirá nos Açores, junto às caldeiras naturais das Furnas, pelo que terá de adaptar a preparação do cozido à sua realidade. Deste modo, poderá colocar o tacho no forno a lenha ou, na falta deste, no forno elétrico. É claro que a receita não ficará com o sabor característico de quando é confecionada na ilha, em que sobressai um certo paladar a enxofre, próprio das matérias vulcânicas, mas não deixará de ser um cozido à moda das Furnas…

Curiosidade acerca desta receita tradicional açoriana…

A confeção do célebre cozido das Furnas é aqui descrita na forma atual. Antigamente, porém, a preparação deste prato típico da cozinha portuguesa era diferente, sendo todos os ingredientes introduzidos na galinha, que se conservava inteira; de fora ficavam somente os que não coubessem nela.

Para 6 pessoas

  • ½ kg de carne de porco
  • 1 couve lombarda
  • 1 couve portuguesa
  • 1 galinha
  • 1 kg de chambão
  • 1,5 chouriço de carne
  • 125 g de toucinho fumado
  • 2 nabos
  • 4 cenouras
  • 50 g de toucinho gordo
  • 8 batatas
  • sal e pimenta da terra q.b.

 

Corte todas as carnes em pedaços grandes, assim como os enchidos e o toucinho em bocados mais pequenos. Descasque as batatas e corte algumas delas, deixando outras inteiras. Raspe e corte as cenouras no sentido do comprimento. Corte os nabos e as couves em quartos. Abra os bagos da pimenta da terra ao meio.

Coloque todos os ingredientes em camadas alternadas numa panela de alumínio, sendo a última temperada com sal. Abafe com folhas de couve e tape a panela com a respetiva tampa, atada às abas da panela. Meta a panela numa saca, amarrada com uma corda comprida.

Introduza a panela numa caldeira natural da Lagoa das Furnas, tape a caldeira com uma tampa de madeira e depois com terra, deixando a corda de fora. Cinco horas depois, o cozido estará pronto para retirar da caldeira.

Deite fora as folhas de couve com que abafou o cozido. Sirva as hortaliças numa travessa e as carnes noutra.

 

 

Deixe um comentário