Traduzir:

Categorias

Receba por email as últimas atualizações deste site.

A subscrição é anónima e gera apenas um e-mail por dia.
Insira o seu endereço de email:

Por favor, se você acha que esse conteúdo é útil, compartilhe a(s) nossa(s) receita(s) nas suas redes sociais. Isso ajuda este site a continuar a publicar conteúdo relevante para si e para todas as suas redes de contatos.

Obrigado!

Gastronomia Madeirense

Carne de Vinha d’Alhos à moda da Madeira

Partilhe esta receita:

  • 1/2 L de vinho branco
  • 1 kg de carne de porco magra
  • 1 folha de louro
  • 3 dentes de alho grandes
  • 2 cl de vinagre de vinho
  • 100 g de pão regional fatiado
  • 1 laranja cortada em rodelas
  • 2 cravinhos de Índia
  • 60 g de banha
  • 4 g de pimenta-preta
  • Sal marinho q.b
  • 1 dl de azeite
  • salsa

 

Corte a carne aos cubos. Regue com o vinho e o vinagre. Junte o louro, os alhos esmagados e os cravinhos. Tempere com sal e pimenta. Deixe assim, a marinar, durante 6 horas no mínimo.

Core a carne numa frigideira com a banha, até que esta fique dourada. Sirva com rodelas de laranja e pão frito em azeite, enfeitando com raminhos de salsa.

Dica: Vinha d’alhos é um molho feito com vinho, alho, louro e sal, usado para temperar carne antes de a cozinhar. É uma tradição ancestral da nossa culinária, designada também por marinada e pode ser feita com vinho branco ou tinto. Esta marinada, aparentemente típica de Portugal, deu origem a um famoso prato indiano, o vindalho ou vindaloo.

2 comments to Carne de Vinha d’Alhos à moda da Madeira

  • João Ribeiro

    Mais autêntica a versão do Sr. Melim, por ser a versão mais tradicional, acrescento ainda que a proporção vinho/vinagre deverá ser de 2 para 1 até cobrir toda a carne. Em vez de tomilho usamos a nossa segurelha, familiar daquela, mas de folha mais pequena e paladar mais intenso. Depois de alourado o pão na frigideira pode levar-se ao forno para secar ligeiramente, no entanto sem torrar. Finalmente e para ter o cunho 100% tradicional em lugar das batatinhas sugiro como acompanhamento um bom CUSCUS Madeirense, daquele artesanal que ainda se encontra por aí.

  • Helder Melim

    Carne de vinho e alhos ou de vinha d’alhos, receita tradicional
    A carne de vinho e alhos ou de vinha d’alhos, é o prato principal do almoço de Natal dos madeirenses (o almoço de Natal é a principal refeição de Natal, pois os madeirenses dão maior importância ao almoço do dia 25 do que à Consoada). Tem para os madeirenses a mesma importância para vós o bacalhau com batatas e couve portuguesa na Consoada. A carne de vinho e alhos é servida simultâneamente de duas formas diferentes: Cozida no liquido da marinada, acompanhada de fatias de pão rústico ensopado pela marinada da cozedura. Depois de cozida esta carne será alourada na frigideira. Na banha libertada na frigideira são “fritas” fatias do mesmo pão. A carne de vinho e alhos é acompanhada por batatinhas cozidas. A carne cozida e não consumida imediatamente é guardada na banha e consumida posteriormente ao longo da quadra natalícia, pelo que é habitualmente preparada em maior quantidade do que a necessária para a refeição.carne de vinho e alhos ou de vinha d’alhos

    Ingredientes para uma família de 4 pessoas:
    2Kg de carne de porco entremeada (ou outra mais magra que tenha no entanto um pouco de banha).
    1/2 l de vinho branco
    1 dl vinagre de vinho
    1 folha de louro
    4 ou 5 dentes de alho
    3 raminhos de tomilho
    1 malagueta pequena.
    Acompanhamento:
    1 pão regional ou outro rústico fatiado.
    1/2Kg de batata pequeninas.
    Pickes de cebolinha, couve flor, etc
    1 laranja cortada às rodelas ou em gomos.

    Preparação
    A carne, cortada aos cubos de mais ou menos 3cm, temperada com os ingredientes referidos é posta a marinar no mínimo 3 dias. O liquido da marinada deve cobrir a carne, se necessário acrescente mais vinho e vinagre. Diariamente rectifique os temperos.
    No 3º dia, coza a carne na própria marinada. Verifique ao fim de 1 hora e se necessário continue a cozedura até a carne estar macia. Reserve a carne, embeba as fatias de pão no líquido da marinada e reserve também.
    Coloque na frigideira a quantidade de carne que foi anteriormente cozida que pretende alourar. depois de alourar, reserve também.
    Na frigideira, na banha libertada pela carne, aloure fatias de pão fatiado.
    Sirva em simultâneo os dois tipos de carne e os dois tipos de pão.
    Acompanhe com as batatas entretanto cozidas, com os pickes e com a laranja cortada às rodelas ou em gomos.

Deixe um comentário