Caracóis à Portuguesa

Partilhe esta receita:
Caracóis à Portuguesa
5 (100%) 1 vote

  • 2 kg de caracóis pequenos
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 ramo de orégãos
  • 1 folha de louro
  • 2 dentes de alho
  • 1 cebola
  • sal
  • pimenta
  • piri-piri

 

  1. Lavam-se os caracóis em várias águas até ao completo desaparecimento da baba. Colocam-se numa panela grande e cobrem-se com água (2 ou 3 dedos acima dos caracóis).
  2. Juntam-se o azeite, os orégãos, o louro, os alhos inteiros, a cebola cortada em quartos, sal, pimenta e o piri-piri.
  3. Leva-se a panela a lume brando. O aquecimento deve ser lento para provocar a saída dos «pauzinhos» dos caracóis.
  4. Quando levantar fervura, vai-se retirando a espuma que se forma à superfície, com a ajuda de uma escumadeira, e mantém-se a fervura sempre suave (cerca de 2 a 3 horas).
  5. Conservam-se no líquido da cozedura até à altura de servir.
  6. Servem-se quentes em pratinhos individuais com um pouco do caldo da cozedura. Comem-se com o auxílio de palitos ou alfinetes.

 

  • Em Portugal dá-se preferência aos caracóis cinzentos e pequenos, mas os grandes, apanhados nas vinhas, são também muito apreciados. A estes dá-se vulgarmente o nome de caracoletas. São sempre preferíveis caracóis fechados por uma fina película dura; os outros deverão «jejuar» durante vários dias, a fim de serem eliminadas algumas toxinas provenientes de ingestão de ervas que são prejudiciais ao homem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *