Traduzir:

Categorias

Receba por email as últimas atualizações deste site.

A subscrição é anónima e gera apenas um e-mail por dia.
Insira o seu endereço de email:

Por favor, se você acha que esse conteúdo é útil, compartilhe a(s) nossa(s) receita(s) nas suas redes sociais. Isso ajuda este site a continuar a publicar conteúdo relevante para si e para todas as suas redes de contatos.

Obrigado!

Gastronomia da Beira Litoral

Bolinhos de Manteiga

Partilhe esta receita:

Tradicionais das festas, romarias e casamentos de Cinfães, também são conhecidos como matulos.

Doces tradicionais do concelho de Cinfães, Os Matulos, tem um sabor  acentuado a manteiga, forma irregular, e um sabor único, resultante do cruzamento de uma textura suave da massa com o doce intenso da cobertura. Tradicionalmente feito pelas “doceiras”, estes pequenos e deliciosos bolinhos, adoçavam as mesas em épocas de romarias e festas do Concelho. Hoje continuam a fazer as delicias quer dos habitantes de Cinfaes, quer das pessoas que visitam esta bela terra.

Para a Massa:

  • 2 ovos
  • 370 gr de farinha
  • 125 gr de manteiga
  • 2 ovos
  • 125 gr de açucar
  • 1 limão (raspa)
  • 1 colher de cha de fermento
  • manteiga para untar

Para a Calda:

  • 150 gr de açucar
  • 0,5 dl de agua

 

Derreta a manteiga e coloque-a numa taça, juntando-lhe depois os ovos, o açúcar, a raspa de limão e o fermento. Misture tudo e vá acrescentando a farinha, aos poucos, até a massa se despegar da taça.

Molde, então, pequenas bolinhas e disponha-as num tabuleiro, previamente untado com manteiga. Leve ao forno, pré-aquecido a 200 °C, durante 15 minutos. Retire os bolinhos do forno e deixe-os arrefecer numa travessa funda.

Entretanto, faça a calda, pondo numa caçarola o açúcar e a água. Deixe ferver durante 2 minutos, ou até começar a engrossar, apague o lume e espere que a calda arrefeça antes de a verter sobre os bolinhos. Sirva depois de a calda estar seca, altura em que a cobertura se apresenta esbranquiçada.

Dica: Pode dar formas diferentes a estes bolinhos, por exemplo, achatando-os ou moldando-os em forma de cubos.

Fonte: Colecção, As Melhores Receitas de Portugal (Correio da Manhã)

Deixe um comentário