Categorias

Receitas de Pato

Pato de Cabidela

FacebookGoogle GmailPrintShare

 

1 pato novo, ou pato marreco
1 dl de aguardente velha
2 dl + ou – de sangue de pato ou de frango
3 colheres de sopa + ou – de vinagre de vinho tinto
5 dl de vinho tinto
1 colher de sopa de banha
1 dl de azeite + ou –
1 folha de louro
salsa picada
pimenta branca moída na altura q.b.
3 dl de caldo de aves ou de carne
2 cebolas médias
2 dentes de alho
1 colher de sopa bem cheia de polpa de tomate
Depois do pato arranjado e lavado, corta-se aos bocados e tempera-se com os alhos pisados com sal, a polpa de tomate, a folha de louro e o vinho tinto. Fica neste tempero a tomar gosto cerca de + ou – 2 horas. Leve ao lume uma caçarola de barro de preferência com as gorduras e a cebola picada a alourar um pouco. Junta-se os bocados de pato e deixe refogar virando a carne de vez em quando. Adicione a aguardente velha e puxe fogo, depois de ter ardido junte a marinada onde esteve o pato, e o caldo de carne, tape a caçarola e deixe cozer em lume brando até a carne estar tenra. Desengordura-se o molho. Junta-se o sangue que antecipadamente misturou bem com o vinagre e leve novamente ao lume sem deixar ferver cerca de + ou – 3 minutos. Sirva polvilhado com salsa picada e batatas cozidas, fritas, ou arroz branco, e gostando com fatias de pão de forma frito.
  • 1 pato novo, ou pato marreco
  • 1 dl de aguardente velha
  • 2 dl + ou – de sangue de pato ou de frango
  • 3 colheres de sopa + ou – de vinagre de vinho tinto
  • 5 dl de vinho tinto
  • 1 colher de sopa de banha
  • 1 dl de azeite + ou –
  • 1 folha de louro
  • salsa picada
  • pimenta branca moída na altura q.b.
  • 3 dl de caldo de aves ou de carne
  • 2 cebolas médias
  • 2 dentes de alho
  • 1 colher de sopa bem cheia de polpa de tomate
pato-cabidela
Depois do pato arranjado e lavado, corta-se aos bocados e tempera-se com os alhos pisados com sal, a polpa de tomate, a folha de louro e o vinho tinto.
Fica neste tempero a tomar gosto cerca de + ou – 2 horas. Leve ao lume uma caçarola de barro de preferência com as gorduras e a cebola picada a alourar um pouco. Junta-se os bocados de pato e deixe refogar virando a carne de vez em quando.
Adicione a aguardente velha e puxe fogo, depois de ter ardido junte a marinada onde esteve o pato, e o caldo de carne, tape a caçarola e deixe cozer em lume brando até a carne estar tenra. Desengordura-se o molho.
Junta-se o sangue que antecipadamente misturou bem com o vinagre e leve novamente ao lume sem deixar ferver cerca de + ou – 3 minutos.
Sirva polvilhado com salsa picada e batatas cozidas, fritas, ou arroz branco, e gostando com fatias de pão de forma frito.

 

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>